sexta-feira, 18 de maio de 2012

Comissão do Senado aprova novo piso para vigilante



Projeto que fixa piso salarial para vigilantes é aprovado na CAE

Ricardo Koiti Koshimizu

A proposta que cria um piso salarial nacional para os vigilantes passou por mais uma etapa no Senado: foi aprovada no dia 24/04/2012, pela Comissão de Assuntos Econômicos (CAE) com modificações que incluem o escalonamento do piso conforme o grau de responsabilidade e risco. O próximo passo na tramitação da matéria será o seu exame pela Comissão de Assuntos Sociais (CAS).

Esse projeto de lei (PLS 135/10), no entanto, não foi aprovado por unanimidade na CAE. O senador Aloysio Nunes (PSDB-SP) criticou a iniciativa, argumentando que “mais uma vez estaremos criando despesas para estados, municípios e a própria União a partir de decisões do Congresso”. O projeto foi apresentado pelo senador Marcelo Crivella (PRB-RJ), hoje ministro da Pesca.

O relator da matéria foi o senador José Pimentel (PT-CE). De acordo com o seu relatório, o piso salarial dos vigilantes seria dividido em três faixas, segundo o grau de responsabilidade e risco. Para o grau mínimo, o piso seria de R$ 800; para o grau médio, R$ 950; e para o grau máximo, R$ 1,1 mil. Esse escalonamento havia sido sugerido em relatório anterior do senador Paulo Bauer (PSDB-SC).

José Pimentel afirma em seu relatório que, devido às dificuldades governamentais no combate à violência, principalmente nos grandes centros, os vigilantes empregados por empresas privadas passaram a exercer “um papel relevante no aparato de segurança do país, sendo eles, muitas vezes, que correm os maiores riscos e ficam na linha de frente na prevenção de eventos criminais”.

Por outro lado, Aloysio Nunes questionou o impacto da medida sobre as contas públicas, já que também há vigilantes contratados pelo governo.

Como aprovar um piso nacional unificado sem ter uma estimativa de custo, sem levar em conta as diferentes capacidades financeiras de municípios e estados? – questionou Aloysio Nunes.

Agência Senado.

15 comentários:

  1. porque estes deputados não votam por um piso salarial deles, para parar com estes abusos e gastos exagerados que eles tem?
    imagine se com 1.024 por mês já estou tendo que fazer bico imagine se meu salario cair para 800, vou encher a caixa de mensagem deles perguntando se eles sobreviveriam com 800 por mês.
    ao invés de ficarem fazendo estas leis que na verdade só vai favorecer as empresas ou seja eles mesmos pois a maioria destes deputados são donos das empresas de segurança, deveriam é votar uma lei que alterasse a exigência de ter pelo menos o segundo grau completo para poder fazer o curso de Vigilante; ai sim estaríamos sendo valorizados.

    ResponderExcluir
  2. Eles os deputados,deviam repassar o auxílio moradia para a categoria aí sim ficaria tudo bem.

    ResponderExcluir
  3. Ola! sou M.P.S é pergunto-lhes qual seria a equação para ter a aprovação unanime sendo que a metade do que ganhamos são negativados em impostos, então caros colegas não vejo o porque tanta falta de pontualidade com milhares de "eleitores".

    ResponderExcluir
  4. si for para muda que mude para . un piso salarial bom mem que fiquer tres ans sem almento real que passe pra mil e quilhentos reais por mes e 1 auxilio moradia para a categoria .

    ResponderExcluir
  5. Trabalho em um condomínio residencial e por decisão em assembléia, estamos desarmados. Então eu concluo: - Não sou escudo de ninguém! Como posso defender pessoas e patrimônio desarmado? Se o estatuto do desarmamento numa situação eminente de auto risco, defendendo o patrimônio e pessoas , atiro em um criminoso com arma própria, sou eu o criminoso e o criminoso passa por vítima? Este estatuto deverá ser revisto com uma certa urgência!

    ResponderExcluir
  6. Que cambada dfdpts hen! temos q jogar é uma bomba nuclear dentro desse senado e desimar esses malditos,sangue-sugas...
    tem que acabar é com esse aquario humano que é esse senado...
    esse exeplo vergonhoso de nepotismo ambulante... me da licença tenho muitas coisas para esfregar na cara de vcs mais vejo q o dinheiro de “vcs“ fala + alto
    querem ser caridosos? sejam mais coerentes.
    se os vigilates de modo geral resolverem cruzar os braços a segurança publica passa mal meu caro.

    ResponderExcluir
  7. Piso deve ser igual para todos,pois, o riscos são iguais.

    ResponderExcluir
  8. Pisos devem ser padrão, pois, os riscos são iguais !
    Um fuzil na cara e um 38 nas mãos.

    ResponderExcluir
  9. Estes cara tem que tomar e vergonha, piso salarial com esse valor é uma vergonha e poco mais do salario minimo, canbada acaba com a profissão e poe seus filhos pra fazer segurança privada, ou deixe a policia tomar conta ela tem demonstrado muito sua eficiencia.Em vez de falar num piso minimo de uns 1.500 reais, toma vergonha cambada.

    ResponderExcluir
  10. o governo brasileiro mais uma ves debochando dos trabalhadores desse nosso país,mas tbm qem é q vai correr por nós sendo q parece mais q os proprios vigilantes n ligam ja ta mais do q na hr d lutarmos pelos nossos direitos ,ta na hr d deixar d lado esses nossos sindicatos,q n valen d nada msmo e nós msmos corrermos atras,q seja c apenas paciatas para começar e se tivé q faze greve q todos os vig fassam,qero ve oq acontece c os vig em greve nesse país.Todo mundo aqi fas greve menos os vig,q na verdade preferem trabalha em duas empresas ao envés de cuidar dos nossos direitos

    ResponderExcluir
  11. esse é o valor do trabalhador brasileiro, enquanto nós trabalhamos como burros de cargas recebemos apenas uma micharia de salario,já esses politicos que não faz nada ganha muito. vocês politicos deveriam ir trabalhar como um trabalhador de verdade.os vigilantes expõe sua vida seja qual for sua categoria meresse um piso salarial desente e não essa micharia que vocês chamam de piso salarial.

    ResponderExcluir
  12. senhores deputados e senadores e a presidente, nos vigilante de são paulo nos merecemos respeito. porque o salario que nos ganhamos mau da para pagar o aluguel aqui em são paulo, e o nosso sindicato não frase nada, nos vigilantes temos de turma uma atitude que e ficar em greve para poder nosso salario melhora, porque se depende do sindicato nos tamos na rosa. vamos frase greve em breve só depende do reajuste salarial.

    ResponderExcluir
  13. Olhá aí rapaziada vamos se unir,se todos nós resolver parar o Brasil trava,nós somos fortes.

    ResponderExcluir
  14. Gostamos muito da matéria! Parabéns! Completa e muito bem elaborada!
    Aproveito e indico nosso site.
    A Oluap tem muita experiência de mercado em rádios comunicadores Motorola e pode tanto tirar dúvidas, como apresentar os melhores produtos do mercado! Recomendo! http://www.oluapmot.com/index.php

    ResponderExcluir
  15. o nosso piso é vergonhoso e todos nós sabemos disto e mesmo sendo 1.500 reais ainda é baixo muitos iguais a eu tem que trabalhar em dois emprego , eu sou vig noturno e almocista , agora deputado e senadores tao em dois emprego por que nao fazem nada e ainda ganhan rios de dinheiro este é nosso Brasil fazer o que. valdenicio..

    ResponderExcluir