img { max-width: 100%; height: auto; width: auto\9; /* ie8 */ }

quinta-feira, 22 de março de 2012

GREVE DOS VIGILANTES DO RIO TERMINA COM REAJUSTE DE 7%



 Mesmo com reajuste inferior ao que reivindicava, categoria aceita proposta do TRT/RJ; e decide encerra a greve que durou 10 dias, fechando mais de 600 agências bancárias em todo o Estado.

As principais reivindicações eram o reajuste salarial de 10%, acima da inflação, além do reajuste do ticket de refeição de R$8,85 para R$ 16,50, os 30% do risco de vida, que hoje é de apenas 8% e assistência médica para os vigilantes e os dependentes.

Os vigilantes do Rio de Janeiro decidiram aceitar a proposta do TRT/RJ de 7% de reajuste sobre o salário e tíquete refeição, representando um aumento real de 1,32% acima da inflação, além da manutenção do escalonamento do risco de vida até 2015 e a promessa do sindicato Patronal de não descontar os dias parados, não punir e nem demitir os trabalhadores que aderiram à greve. 

Com a decisão, o piso subiu de R$ 864 para R$ 924,48 e o tíquete refeição que era de R$8,85 passou para R$ 9,46. 

O salário base do vigilante passou para R$ 1.053 com os 6% do adicional de periculosidade, em todo estado.

Nenhum comentário:

Postar um comentário